arrow_back Voltar

FMI nomeia mulher para o cargo de economista-chefe

  • 02/10/2018 14:41:40

O Fundo Monetário internacional (FMI) nomeou como economista-chefe a professora de Harvard Gita Gopinath, de 46 anos. Ela será a primeira mulher a ocupar este cargo no organismo internacional.

Gopinath é professora do Instituto John Zwaanstra de Estudos Internacionais e Economia na Universidade de Harvard. Também exerce o cargo de coeditora da revista Revisão Econômica Americana (American Economic Review) e de codiretora do Programa de Finanças Internacionais e Macroeconomia da Secretaria Nacional de Pesquisa Econômica.

A economista e conselheira do Corecon-ES, Maria Celeste Pupa, destacou que a indicação da primeira mulher economista para o cargo de economista chefe do FMI representa um avanço importante na valorização da mulher no mercado de trabalho.

“Ficamos na torcida que o FMI tenha êxito na sua missão de promover o alto nível de emprego e o crescimento econômico sustentável e redução em todo mundo na gestão de Gita Gopinath”, afirmou Maria Celeste.

 

Fonte: CORECON-ES