Quem Somos

A profissão do Economista foi criada através da Lei nº 1.411/51, alterada pelas Leis nºs 6.021/74, 6.206/75 e 6.537/78 e regulamentada pelo Decreto nº 31.794/52.O Conselho Regional de Economia é uma autarquia federal de fiscalização profissional e tem jurisdição do Ceará.

O CORECON/CE, funciona em sede própria e tem por finalidade a Fiscalização do exercício da profissão, no que diz respeito à disciplina, a ética, e atua em defesa da sociedade e da categoria de economistas. O Conselho tem a responsabilidade com o desenvolvimento de ações destinadas a valorizar a profissão, proporcionando oportunidades para a melhoria da capacitação técnico-científica dos profissionais no âmbito do Estado. A sua MISSÃO é executar o Registro e a Fiscalização da Profissão do Economista e das entidades que exerçam sob qualquer forma atividades técnicas de economia e finanças, valorizando e garantindo os interesses dos profissionais e entidades inscritas, e tem como VISÃO ser reconhecido como um Conselho de referência como entidade profissional, contribuindo de forma decisiva para a valorização dos profissionais e empresas inscritas, visando o desenvolvimento econômico.

A estrutura organizacional engloba o desenvolvimento de atividades colegiadas e precípuas do Corecon da 8ª. Região – Ceará, atividades de suporte técnico e instrumental para o funcionamento do plenário, das comissões e da gestão do CORECON/CE.

O Plenário, representa a instância privilegiada das decisões do Corecon e as comissões constituem a célula básica de produção do Conselho no tocante às suas atividades finalísticas.

A Gerência Executiva é responsável pela operacionalização das atividades estratégica e tático/operacional, compreendendo o registro, a disciplina e o exercício de fiscalização da Profissão do Economista.


O profissional Economista tem uma vasta área onde pode atuar:

1) Elaboração da Viabilidade Econômica de Projetos;
2) Orientação Financeira;
3) Mercado Financeiro;
4) Assessoria de Projetos Agroindustriais / Agrobusiness;
5) Desenvolvimento de Projetos de Infraestrutura;
6) Orçamentos;
7) Arbitragem;
8) Recálculo de Contratos;
9) Consultoria em Fusão, Aquisição e Incorporação;
10)Estudo e orientação de Viabilidade Econômica de Novas Empresas;
11)Economista de Empresas;
12)Perícia Econômica- Financeira;
13)Consultoria e Assessoria Econômica;
14)Orientação em Comércio Exterior;
15)Elaboração de Estudos Mercadológicos;
16)Professor na área econômica;
17)Setor Público;
18)Análise de Conjuntura Econômica e Pesquisa;
19)Diversas Assessorias Econômicas.


QUADRO DE 2017